Produtos

Filtragem Eletrostática

Entrar em contato com nossa equipe

Preencha seus dados com nome, telefone e e-mail, que em breve retornaremos o seu contato.

Filtragem Eletrostática

Filtragem EletrostaticaA filtragem eletrostática é uma tecnologia utilizada para remover poluentes sólidos e líquidos do fluxo de gases industriais por meio da indução magnética criada por altas diferenças de tensões (positiva e negativa), também conhecida como DESCARGA CORONA.

  1. Ao atravessar o Campo Ionizador os poluentes recebem cargas elétricas que alinham os polos (Norte/Sul) das micropartículas, tornando-as magnéticas ou imantadas.
  2. Na sequência, placas coletoras formam o Campo Elétrico de polaridade inversa que separam do fluxo as micropartículas que foram magnetizadas.

Graus de Filtragem

Molécula SimplificadaOs Campos Magnéticos da filtragem eletrostática são capazes de reter micro poluentes de até 0,001 micra (0,000.001 mm)
A eficiência da filtragem eletrostática será maior quanto maior for a capacidade de alinhar e manter alinhados os polos norte e sul dos micro poluentes.

Micro Poluente é uma Micropartícula (sólida ou líquida) formada por alguns bilhões de moléculas.

  • Molécula é um grupo de átomos, ex.: H2O, C12H22O11 , etc.
Micropartícula poluente não ionizada, moléculas desordenadas (não alinhadas).

Micropartícula poluente não ionizada, moléculas desordenadas (não alinhadas).

Micropartícula poluente ionizada ou polarizada ou magnetizada (moléculas ordenadas).

Micropartícula poluente ionizada ou polarizada ou magnetizada (moléculas ordenadas).

  1. A Filtração Eletrostática é totalmente ineficaz para poluentes não suscetíveis à ionização, por exemplo, no tratamento de gases, pois os gases são formados por uma única molécula, por exemplo: SOx, amônia, etc.
  2. A Filtragem Eletrostática NUNCA deve ser aplicada a GASES EXPLOSIVOS e tem seríssimas restrições para poluentes inflamáveis, exemplo: exaustão de churrasqueiras a lenha e carvão.
  1. A Filtração Eletrostática é inútil para odores incômodos (gasosos), entretanto quando presentes em baixas concentrações é bastante comum acrescer um filtro de carvão ativado em série no sistema de filtragem.
  2. A Filtragem Eletrostática é pouco eficiente para poluentes que não retém cargas eletrostáticas, situação conhecida como “efeito Back Corona”: o micro poluente ioniza, mas ao tocar a placa coletora perde imediatamente a carga elétrica e retorna ao fluxo de gases, por exemplo: fumaça preta de caldeiras, fuligem de óleo e gordura queimada.

Importante

A filtragem eletrostática é uma tecnologia fantástica, todavia é bastante comum que erros de aplicação que causem incêndios, explosões e até mortes.

NÃO ARRISQUE SEU EMPREENDIMENTO COM AVENTUREIROS, CONSULTE A APOIO PROJETOS.

Filtro Eletrostático e Precipitador Eletrostático

São dois tipos de ECP Equipamentos de Controle de Poluição distintos que utilizam forças magnéticas eletrostáticas para separar poluentes sólidos e líquidos do fluxo de ar de processos industriais e comerciais, embora utilizem o mesmo princípio de funcionamento, tem construções totalmente diferentes:

FILTRO ELETROSTÁTICO

Redesenhado em 1929 pelo Francês Penney

Filtro Eletrostático - Redesenhado em 1929 pelo Francés Penney

  • Investimento inicial a partir de R$ 2,0 mil;
  • Itens Padronizados, fabricados em série;
  • Atende vazões de Gases entre 1.000 m³/h e 30.000 m³/h;
  • Tensões entre 8.000 e 12.000 Volts (monofásico);
  • Suporta Temperaturas de até 70 °C;
  • Não Possui Limpeza Automática.

PRECIPITADOR ELETROSTÁTICO

Criado em 1907 por Frederick Gardner Cottrell

Precipitador Eletrostático - Criado em 1907 por Frederick Gardner Cottrell

  • Investimento inicial a partir de R$ 10 milhões;
  • Aplicados em Projetos Especiais;
  • Atende vazões de Gases a Partir de 100.000 m³/h;
  • Tensões entre 80.000 e 120.000 Volts (trifásico);
  • Suporta Temperaturas de até 600 °C;
  • Possui Limpeza Automática.

Faça seu
projeto conosco!

Há mais de 35 anos oferecendo soluções técnicas em Sistemas de Engenharia Ambiental.